Publicado em 9 comentários

1# O convite

1# O convite

Oi oi oi!

Hoje vou iniciar uma série de posts em comemoração ao aniversário de um mês de nosso casamento, eu e André. Esse não é um blog diário, e coisas deste tipo, sentimentais, então porque falar do nosso casamento, algo tão pessoal? Eu explico, é porque nosso casamento foi intensamente feito artesanalmente, por nossas mãos, com a ajuda de nossos familiares e amigos. Queríamos fazer algo bem pessoal, com nossa “cara”, e ainda mais, que combinasse com as coisas que acreditamos e com o estilo de vida que levamos. E uma das coisas que acreditamos é que não é preciso gastar grana para obter diversão, experiências de vida e felicidade. A única coisa necessária é energia, força de vontade e muito trabalho, transpiração e cooperação.

Bom, vamos ao trabalho! Abaixo estão as fotos do passo inicial dos preparativos para nosso casamento, o convite, ou melhor, o papel do convite, o qual começamos a reciclar cerca de 6 meses antes do casamento. Reciclamos toda papeleira velha e inútil que acumulamos ao longo da universidade, da doação dos amigos e também de alguns papéis que o porteiro do prédio recolheu pra gente ao ver a galera deixando na lixeira. Depois de reciclado, e pronto pra impressão, era a hora de estampar. Ops, esqueci de dizer, mas a caricatura e o layout do convide também foram feitos por mim, ou seja, custo R$ 0,00 nos convites, e demorei 1 final de semana na caricatura, e outro na formatação final do convite. A serigrafia foi cortesia do Angelo, irmão e padrinho do casório, e levou 2 horas num sábado pra fazer. A tinta utilizada era um pote de tinta velha que tava esquecido e endurecido na serigrafia, foi só jogar uma água e bereuza-creuza! Tava ótimo pra usar no papel.

Primeiro processo de reciclagem do papel

Tentamos usar apenas um bastidor, e não deu muito certo

Continue lendo:

Publicado em 4 comentários

Oficina de Estampas

Ainda cursando moda, fui convidada para ministrar algumas oficinas relacionadas ao desenho de estampas, na ocasião de um evento acadêmico do curso, pois havia essa lacuna que as disciplinas de desenho não supriam, e a curiosidade e interesse dos colegas era muita!

Como sempre tive contato com serigrafia e arte-finalização em virtude da empresa dos meus pais, desde antes de entrar para a universisdade, e também pela vivência na empresa onde estagiei, além é claro, de gostar muito desta área, topei “oficinar” e foi uma experiência que gostei muito.

Oficina de Estampas

Aí preparei um material básico em slides sobre o desenvolvimento de estampas e algumas pitadas dos processos mais conhecidos de estamparia, serigafia, stêncil, etc. Não sou designer gráfica, embora tenha muito interesse nesta área também, acho que dá pra ajudar quem tem curiosidade e está iniciando na área da moda e design.

Se quiserem conferir o material, disponibilizei todos os dias de oficina no Picasa. Aí vão os links:

Dia 1

Dia 2

Dia 3