Publicado em Deixe um comentário

Estudos de paisagens nevadas em aquarela

Estudos de paisagens nevadas em aquarela

Alguns estudos que tenho feito à noite, nos espaços de tempo “livre” entre encomendas. Antes de chegar a estes resultados, fiz diversos estudos de cor em papel inferior e em menor formato.

Os trabalhos finais foram feitos em tamanho A5 com dois papéis diferentes. Ambos da marca Hahnemühle, o primeiro foi feito no Turner 100% Algodão, e abaixo no Expressions.

Senti bastante diferença de trabalhar entre eles, apesar da paisagem relativamente similar, houveram diferenças. No turner eu consegui trabalhar muito mais texturas com pinceladas secas para simular as pedras da montanha. Já o expressions tem uma textura bem menos rugosa, apesar de ambos serem grana fina e prensados a frio, são papéis bem diferentes de se trabalhar.

Outra coisa é que o turner parece ter bem mais gramatura que o expressions e segurar muito melhor as camadas mais molhadas, já o expressions parece ser mais fino e deformou mais com as aguadas. Apesar disso, ambos são gramatura 300.

Estudos de paisagens nevadas em aquarela
Feito em papel Hahnemühle Expressions 100% Algodão

Então esses foram uns estudos iniciais baseados em fotos de arquivo pessoal. Escolhi elas para iniciar pela simplicidade dos tons, e apesar de satisfeita com as montanhas, ainda sinto que posso melhorar na escolha das cores para vegetação e também evoluir na montagem da composição não tão literal quanto a foto de referência me suger.

Esta semana comecei outros estudos de montanhas ao entardecer e pôr do sol e está muito mais complicado para chegar nos matizes corretos. Estou sofrendo bem mais, principalmente para encontrar os pigmentos que interagem melhor entre si, considerando que não possuo uma paleta muito variada de tintas.

Tem sido momentos de bastante prazer, introspecção e de me deixar levar pelo “fluxo” enquanto estudo paisagens, aqueles momentos que a gente nem vê o tempo passar e que a mente se esvazia dos problemas e se concentra só no presente. Bastante clichê, é verdade, mas tem sido exatamente isso! E acho que esses momentos fazem muito bem pra minha saúde mental.

Aquele meme é verdadeiro, “a pessoa quando tá aquarelando paisagens bonitas não quer guerra com ninguém”, ou quer, as vezes, com o papel que entorta, ou com aquela cor que nunca conseguimos chegar. Mas esse vai ser o tema do próximo post, quando eu finalmente conseguir pintar um vulcão nevado do altiplano ao entardecer! Me aguardem…

Espero que vocês tenham gostado de se transportar para estas montanhas nevadas comigo neste post! Abraços e até logo!

Publicado em Deixe um comentário

Retratos em Aquarela – Personalizado do seu Pet

Brule

Olá visitante, meu foco de trabalho, e consequentemente este blog, mudará gradativamente de rumos por aqui. A loja já está desde janeiro de 2020 toda dedicada a minha nova atividade. Vou explicar um pouco melhor como parei de trabalhar com costura e artesanato e vim parar nos retratos em aquarela de animais de estimação.

Desde 2018 voltei a mexer nas minhas antigas aquarelas da faculdade, queria pintar nossos 3 cães mas só tinha 5 folhas velhas de papel pra técnica e umas bisnagas ressecadas da pentel escolar com mais de 10 anos de existência (provavelmente tudo vencido!). Estava querendo um novo hobbie, desde que finalmente terminamos a obra da nossa casa, algo que eu pudesse fazer a noite que fosse relaxante e não exigisse força física. Como vivemos em um sítio desde 2014, o trabalho à luz do dia é bastante braçal, então chega a noite e estamos exaustos. Fiz os 3 retratos e foi bastante frustrante pois o papel esfarelava, a tinta não pigmentava ou não saia dos tubos. Achei que estivesse fazendo algo errado.

Então tive uma crise de coluna, provavelmente por carregar peso demais sem cuidar com a postura e passar muitas horas capinando na horta sem me ligar que estava toda torta. Passei vários dias sem poder fazer muita coisa a não ser ficar deitava no chão pra esticar a coluna e fazer bastante alongamento e yoga. Entre uma sessão de estica-e-puxa e outra, comecei a buscar tutoriais e cursos online de aquarela que fossem gratuitos. As vendas com horta e artesanato não estavam lá essas coisas, não poderia gastar “com um hobbie”. Junto com isso comecei a praticar pintura em aquarela praticamente todos os dias.

Apesar dos resultados frustrante dos meus primeiros 3 retratos que foram dos meus próprios cães, as pessoas próximas começaram a elogiar e encorajar meu trabalho na arte. Vendi alguns artesanatos finalmente pelo elo7 e investi tudo o que eu tinha, que não era muito, em novos materiais mais profissionais para aquarela. Um novo bloco de papel 300g, e 8 cores mais básicas de uma marca de tinta já de linha profissional, poucas cores, mas que permitissem atingir muitos matizes a partir das misturas entre elas (e poucas cores por que no Brasil material de arte custa uma pequena fortuna). Adquiri também dois pincéis.

A partir desse material melhor fiz alguns retratos de animais de meus familiares para presentear, e ingressei no desafio #Inktober em 2019, desafio acontece pela internet mundo afora, e que consiste em praticar ao longo de todo mês de outubro, postando uma foto de um trabalho a tinta todos os dias. Este desafio foi um dos responsáveis pela minha evolução rápida na técnica através da consistência e frequência da prática, e também me forçou a sair da temática animais, fui pintar flores o mês inteiro, e assim tive contato com técnicas e macetes que de outra maneira não teria. Não sou lá muito fã de floral. Nem sei até hoje por quê comecei a participar deste desafio. Sou mais atraída por pintura dos bichos, paisagens e abstratos.

Empolgada com o fato de que eu adquiri consistência e frequência para pintar todos os dias, comecei um desafio pessoal que era pintar os animais silvestres que já havia encontrado aqui pelo sítio. Mas logo que comecei, as encomendas de retratos de animais de estimação começaram a aparecer e ficar mais frequentes, e estava pintando quase todos os dias para cumprir as encomendas. Por enquanto o desafio dos animais do sítio está em pausa. O que não acho ruim, pois significa que estou tendo trabalho remunerado com minha arte agora, através das encomendas de retratos de animais de estimação.

Em janeiro de 2020 comecei a retrabalhar todo meu site para direcionar do artesanato, que era meu foco aqui até então, ao meu novo trabalho com aquarela. A partir deste momento a pintura tem sido minha atividade principal.

Agora que eu já contei como vim parar aqui, que tal dar uma olhadinha no que eu tenho feito? Na loja você pode ver uma amostra dos trabalhos que tenho realizado, além de conferir os depoimentos de quem já adquiriu um retrato comigo, na aba Depoimentos.

Agradeço pela visita e se leu até aqui, uau! Obrigada mesmo!