8# Tutorial: A gravata do Noivo

Eu nunca havia tentado fazer uma gravata até o noivo declarar: “Não vou comprar gravata nova pro casamento, pra depois nunca mais usar!”. Eu falei “OK, e se nós fizermos sua gravata, você topa?”.

André e Ana no pedal pro casório em Cacupé, Floripa

Bem, ele topou, porque o que ele não queria era mais uma gravata da China, daquelas que são vendidas a 3 por R$10 e sabe-se lá em que condições de trabalho. Também não queria pagar mais de cinquentinha numa gravata chiquetona pra ser útil em apenas 0,0001% do seu tempo de vida. Até procuramos em brechós, mas não tinham muitas opções que valessem a pena.

Começamos a buscar por tecidos em lojas no centro. Encontramos uma cor que  agradasse e compramos 1,5 metro de cetim mais grosso por R$ 9,50, estava com alguns furinhos e falhas, então ainda ganhamos um desconto. No brechó, uma gravata feia, velha e manchada saía por mais de R$10, e com essa quantidade de tecido dá pra fazer umas 4 gravatas! Considerando que o restante do tecido eu usarei em outras coisas depois, se você for fazer apenas uma poderá comprar bem menos que um metro e meio de tecido*. Também utilizei entretela e failete para o forro, estes eu tinha em casa, mas custam bem menos que o cetim.

O PAP de hoje tá mais parecido com tutorial, e mostra como fazer uma gravata masculina, desde o molde até o último ponto de agulha.

Você vai precisar:

Para o molde:

  • Régua
  • Esquadro
  • Papel
  • Lápis

Para a confecção da gravata:

  • Cetim ou tecido similar
  • Failete para o forro, ou similar
  • Linha do mesmo tom do tecido
  • Entretela sem cola ou feltro fino (existe um tipo específico de entretela usada para gravatas, mas que não encontrei nos armarinhos de rua, então improvisei com outros tipos de entretela)
  • Ferro de passar

Molde:

Reproduza as medidas do desenho abaixo (clique para ampliar), e este será o molde para cortar no tecido principal (já possui as margens para costura):

*Se você for utilizar um pedaço pequeno de tecido, você poderá dividir o molde em 2 porções iguais de 76 cm, com recorte em viés e com adição de 1 cm de margens de costura para ambos os lados.

Reproduza as medidas do desenho abaixo, e este será o gabarito para a entretela, ou feltro:

Confecção:

1. O molde será cortado no sentido do viés, conforme indicam as imagens abaixo. Estenda o tecido e encontre as ourelas, aquelas margens nas laterais dos tecidos, onde a tecitura é mais densa e firme. As ourelas indicam o “fio” do tecido, ou seja, o sentido do urdume, onde os fios que compõe o tecido são mais firmes e resistentes.  No sentido transversal ao urdume está o sentido da trama, e a 45º o sentido em viés. Dobre o tecido alinhando a ourela até o sentido da trama para encontrar o sentido em Viés.

2. Será no sentido do viés que a gravata será cortada. A marcação do fio é obtida a partir do molde, encontrada a linha central, que divide a gravata em 2 partes iguais, a 45º está o fio em viés. Caso não possua uma régua para encontrar o ângulo, dobre o tecido conforme o esquema da foto anterior e posicione a linha do centro do molde na dobra do tecido em viés e alfinete. Se tiver como encontrar o ângulo (réguas de patchwork e modelagem possuem a marcação do sentido em viés), faça uma reta guia para posicionar a linha central do molde.

3. Após cortado o tecido externo, corte o gabarito no feltro ou entretela. Se utilizar entretela tecida, também será cortado em viés. Este cuidado não será necessário se você utilizar feltro ou entretela prensada. Depois de cortar a entretela, posicione-a centralizada no avesso do tecido externo da gravata.

4. Corte agora o forro. Ele será aplicado somente nas extremidades da gravata, com 1 cm a menos nas pontas.

5. Passe as pontas do tecido externo e forro com 1 cm, para o avesso.

6. Alfinete o forro ao tecido externo, avesso com avesso, deixando uma margem do tecido externo aparecendo no verso. Após firmar com alfinetes, inicie a costura com pontos invisíveis e agulha fina. Utilize mesmo tom de linha do tecido.

7. Faça uma risca com giz no centro da gravata, de ponta a ponta, e outra risca paralela a 1 cm desta central.

8. Posicione a entretela ou feltro no interior da gravta. Dobre uma das metades até a segunda risca. A outra metade dobre apenas na extremidade uma margem de 1 cm.

9. Dobre a segunda metade (com a margem de 1cm) até transpassar cerca de 0,5 cm.

10. Alfinete as dobras transpassadas ao longo da gravata toda. Comece com ponto de reforço em uma das pontas, e siga com a mesma linha fazendo pontos invisíveis largos por entre o transpasse das metades. É importante que o ponto interno alcance a entretela ou feltro junto, para que esta parte não fique solta dentro da gravata.

11. Finalize até a outra ponta com o mesmo ponto de reforço inicial.

Bom, fizemos a gravata na última semana antes do casamento depois de algums problemas técnicos com o ferro de passar. Como “carimbei”** a primeira tentativa de gravata no ferro, guardamos ela para o caso de decidirem cortar a gravata na festa, e assim não acabar com a original. Sorte que compramos tecido a mais por conta do “desconto” da loja. Não fizemos o lance da gravata cortada, mas esse tutorial também é uma opção pra quem quiser fazer uma gravata divertida ou com tecidos diferentes do que a gente costuma encontrar em gravatas prontas por aí.

**Dica importante: não passe tecidos sintéticos imediatamente após ligar o ferro de passar, mesmo com o termostato marcando “Nylon”, pois ele tem um pico de aquecimento que derrete os tecidos sem dó nem piedade.

É isso, e agora está no fim a série de posts sobre o casório. No próximo post um relato sobre os vestidos reciclados: o da daminha, e o Vestido de noiva pedalável.

Gostou? Espalhe!
  • Twitter
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • Promova no Orkut
  • RSS
  • del.icio.us
  • Add to favorites
Postado por anAVivian em Casamento,DIY,artesanato,costura,faça-você-mesmo,moda,modelagem . Comentários (20)

20 comentários para “8# Tutorial: A gravata do Noivo”

  1. María disse:

    Parabéns! Vcs são mto criativos haha, adorei as idéias, felicidades!

  2. Luzineti Brito disse:

    Adorei suas ideias, sao muito originais! eu adoro customizar e ao ver seu Blog me inspirei mais ainda.., parabens pelo seu talento e pricipalmente por compartilhar o que sabe.Eu serei madrinha de casamento, fiquei de fazer a almofada das aliancas e vou copiar seu modelo.., mais uma vez meus parabens e muitas felicidades! Obrigada.

    um abraco,
    Lu

  3. anAVivian disse:

    Oi Lu. QUe legal que será madrinha, fique à vontade para copiar o molde, e se precisar de alguma ajuda me envia um e-mail. Mas é bem fácil de fazer, de tão fácil, a do nosso casamento foi o noivo quem costurou, hehehe. Um beijo e continue a explorar sua criatividade nas customizações!

  4. mkcell disse:

    gostei muito pelas enstruçoes de como fazer uma gravata e gostaria de saber se é valido para qualquer gravata pois gostaria de fazer as minhas proprias gravatas.

  5. Marco Coelho disse:

    Ana! Parabéns pelo tutorial da gravata ficou ótimo, já fiz parecido em couro natural bem delicado e fechado com cola, outro dia vi um colete masculino com a frente igual a gravata por isso consultei o teu blog, adorei as tua idéias, continue compartilhando com os outros, parabéns pelo casamento felicidades para voces. Que Deus vos abençõe e seja para sempre o primeiro em vossas vidas!

    Marco Coelho

  6. anAVivian disse:

    Olá mkcell,

    Estas instruções são baseadas no que aprendi na faculdade, no curso de estilismo, e não em uma experiência prática de fábrico de gravatas. Disponibilizei estas instruções para quem deseja confeccionar sua própria gravata de maneira artesanal e caseira. Não conheço a fundo o processo tradicional de confecção de gravatas e imagino que deva seguir outros critérios mais rígidos. Os desenhos das gravatas também não são idênticos a este que eu disponibilizei no blog, cada grife desenvolve seu próprio desenho, e este também varia de acordo com o gosto da época. Sugiro, que se você deseja trabalhar com isso, procure um curso de alfaiate para se capacitar e se aprofundar nesta área. Sucesso na sua empreitada! Abraços!

  7. anAVivian disse:

    Olá Marco,

    Obrigada pelo seu comentário! Fico feliz em saber que mais pessoas estão aproveitando este conteúdo, que está sendo útil. Fiquei curiosa com esta sua em couro natural, se algum dia tiver um tempinho e vontade, me mande uma fotografia deste trabalho, eu gostaria muito de conhecer, pois nunca vi construida com couro. Agradecemos seus votos e o carinho! Um grande abraço e fique com Deus!

  8. iara abreu disse:

    Amei. vou tentar fazer uma para meu esposo. te conto depois. agradecida.

  9. anAVivian disse:

    Olá Iara, passa aqui pra nos contar como ficou! Boas costuras, beijos!

  10. Lucia disse:

    Oi Ana!! Adorei, tenho uma confeccao e estou pensando em fazer gravatas para adicionar mais opçoes na nossa empresa. Uma duvida: tambem nao acho o feltro, qual entretela que vc usou, e foi só a entretela, nao ricou mto fino? Obrigada e parabéns!!

  11. anAVivian disse:

    Olá Lucia, a entretela ideal eu não encontrei, por isso usei entretela sem cola, a que usam para fazer corpetes. É uma entretela de trama bem aberta e fios grosso, mas maleáveis. Encontra em loja de tecidos e aviamentos com o nome ‘Entretela cavalinha’. Espero que econtre, sucesso e boa sorte!

  12. Bruno disse:

    Excelente post! Maravilhoso! Para mim foi fantástico que andava à procura de algo semelhante e este post está 5 estrelas.
    Obrigado ;-)

  13. ederli disse:

    adorei….ideia genial

  14. LAUDICEIA disse:

    Olá, eu faço gravatas borboleta pra vender e quero ampliar o negocio com as ‘lingua de sogra’,se vc tiver mais informações pra compartilhar comigo eu agradeço,bjs.

  15. Pinheiro Da Rocha disse:

    Adorei suas dicas foram muito validas! Gostaria de aprender a fazer gravata borboleta para aplicar o nó na hora do uso.
    Terias a modelagem disponível?

  16. Milla disse:

    Dica excelente! estou fazendo hj a gravata do meu marido pra um evento! Suas explicações foram perfeitas. Obrigada.

  17. anAVivian disse:

    Olá, Pinheiro da Rocha, desculpe, mas não tenho a modelagem de gravata borboleta. Fico agradecida pelo seu contato e comentário.

  18. Como foi exposto o passo a passo ficou muito fácil.
    Adorei.

  19. Deogenilda Matos disse:

    Amei a dica vcs sao demais parabens pelo trabalho,
    Sou costureira e a doro edtar sempre atenada com novas dicas.

  20. iraneide sousa disse:

    OLHA QUE LINDO

Escreva seu comentário

Nome
Email
Site
Seu comentário